Conheça nossas unidades | Horário de funcionamento: segunda a sexta (7:00 - 19:00) Sábados (7:00 - 12:30)

Notícia publicada em 02 de fevereiro de 2018

A origem da febre amarela: Um manuscrito Maia de 370 anos de idade!

Durante muito tempo, a origem da febre amarela foi motivo de discussões, mas estudos recentes que utilizaram de novas técnicas de biologia molecular comprovam que sua origem é africana.

No ano de 1648, em Yucatán, no México, houve o primeiro relato de uma epidemia de doença semelhante à febre amarela, através de um manuscrito maia. E mesmo antes de 1700, a doença já havia se manifestado na Europa, mas somente em 1730, na Península Ibérica, que ocorreu a primeira epidemia, levando 2200 pessoas a óbito.

Nos séculos XVIII e XIX, os EUA foram acometidos diversas vezes por epidemias devastadoras, numa época em que a doença era levada através de navios que vinham das Índias Ocidentais e Caribe.

A primeira referencia de febre amarela no Brasil ocorreu em 1685, no Pernambuco. Tempo depois afetou a população de Salvador, matando mais de 900 pessoas durante os seis anos em que ali esteve. Em 1849, uma nova epidemia ocorreu no Rio de Janeiro, até então capital do país, quando um navio americano chegou a Salvador, infectando os portos e se espalhando pelo litoral brasileiro.

Graças a realização de campanhas de prevenção, foi possível o controle de epidemias de febre amarela por mais de 150 anos no Brasil, e o último relato de febre amarela urbana no país foi em 1942, no estado do Acre.

Gostou desta notícia?

Confira outras novidades, dicas e notícias que a Clinic Medicina Diagnostica separarou para você em nosso blog clicando aqui!. Não se esqueça de usar os links abaixo para compartilhar com seus amigos nas redes sociais.



Compartilhe com seus amigos!

Ficou com alguma dúvida?

A Clinic Medicina Diagnostica conta com uma equipe para auxiliar e resolver todas as suas dúvidas, Clique aqui e saiba mais

Cuidado com a automedicação

Todos os textos publicados em nosso site são somente dicas, para qualquer problema aparente de saúde ou suspeita, um médico deve ser consultado.